domingo, 26 de fevereiro de 2017

Sessão Nostalgia: WILLOW - NA TERRA DA MAGIA (1988)

Para quem está curtindo o Carnaval em casa, nada melhor do que assistir a um bom filme regado a pipoca e refrigerante, não é? E se for um filme antigo, de preferência dos anos 80, melhor ainda! De volta à nossa Sessão Nostalgia, hoje vamos falar de mais um clássico da Sessão da Tarde: WILLOW - NA TERRA DA MAGIA.

O filme conta a história de Willow (Warwick Davis), um anão que deseja ser aprendiz de feiticeiro, embora viva como agricultor em uma pequena aldeia. Seu destino cruza com o de um bebê, a pequena Elora Danan, que segundo uma antiga profecia, derrotará a perversa Rainha Bavmorda e porá fim ao seu reinado. 

Logo a rainha manda seus soldados atrás do bebê, incluindo sua filha Sorsha (Joanne Whalley) e o cruel General Kael (Pat Roach).


Willow recebe a missão de levar Elora em segurança até o reino de Tir Asleen. No caminho, contará com a ajuda de um espadachim de caráter duvidoso, Madmartigan (Val Kilmer), dois pequeninos guerreiros da raça brownie, Franjean e Rool (Rick Overton e Kevin Pollak) e Fin Raziel, uma poderosa feiticeira que precisa da ajuda de Willow para se livrar de uma maldição.



Concebida por George Lucas (autor da história e produtor) e dirigida por Ron Howard (Cocoon, Um Sonho Distante, Apolo 13, O Código DaVinci, No Coração do Mar, Inferno), WILLOW é uma aventura medieval cheia de efeitos especiais, produzida em uma época em que esse gênero não costumava fazer sucesso. De fato, mesmo com o nome de Lucas em destaque no marketing do filme, o longa não fez o sucesso esperado, mas acabou se tornando um semi-clássico, especialmente para os mais jovens na época (que agora são trintões ou quarentões como eu).



UM "STAR WARS MEDIEVAL"?

Com muitas perseguições, cenas de luta, monstros e até romance (pois é, a filha da vilã se apaixona pelo espadachim e muda de lado), o filme é empolgante, mas sofre da comparação com Star Wars. A sensação é que Papai George Lucas acabou fazendo apenas uma versão medieval da sua saga espacial. Quer ver?
Em Star Wars temos 3 papéis principais - o jovem relutante (Luke), o co-protagonista fanfarrão (Han Solo) e a protagonista feminina forte (Leia). Em Willow, os três arquétipos são preenchidos, respectivamente, por Willow, Madmartigan e Sorsha. Na saga espacial, os planos da Estrela da Morte são guardados pelos heróis e perseguidos pelos vilões; na aventura medieval, é o bebê que precisa ser protegido. E se em Star Wars temos a Força como o poder que precisa ser aprendido por Luke, em Willow o personagem-título deseja aprender magia. Temos também o vilão casca-grossa mascarado na figura do General Kael (embora não tenha o mesmo carisma de Darth Vader) e a Rainha Bavmorda faz a vilã principal super-poderosa, papel que em Star Wars era representado pelo Imperador Palpatine. Até a dupla responsável pelo alívio cômico está lá: no lugar de C3PO e R2-D2, entram os minúsculos (e irritantes) brownies Franjean e Rool. E que tal a ameaça monstruosa, representada em Star Wars pela Estrela da Morte? Em Willow não temos uma super-arma, mas um gigantesco dragão de duas cabeças... Faltou o mentor sábio que aconselha o jovem herói? No lugar de Obi Wan Kenobi, temos a feiticeira Fin Raziel... É ou não é uma versão medieval de Star Wars?

CURIOSIDADES SOBRE O FILME E OS ATORES

- Willow foi interpretado pelo anão Warwick Davis, que tinha feito o papel de Wicket, o Ewok de maior destaque em O Retorno de Jedi, quando tinha apenas 12 anos! George Lucas resolveu apadrinhar o jovem ator, que viveu Wicket em mais dois filmes para a TV, Caravana da Coragem e A Batalha por Endor. Willow foi seu primeiro papel de protagonista, cortesia de titio George Lucas. Davis ainda estrelou o personagem-título na série de filmes Leprechaun, foi o robô Marvin na versão cinematográfica de O Guia do Mochileiro das Galáxias e fez pequenos papéis em Star Wars - Episódio I e nos filmes da série Harry Potter. Um de seus últimos papéis foi em Life´s Too Short, uma minissérie produzida por Ricky Gervais em que ele faz o papel... dele mesmo!



- Val Kilmer e Joanne Whalley fazem o par romântico em Willow. Quem disse que a vida não imita a arte? Pois é, os dois se apaixonaram e se casaram em 1988, mesmo ano de lançamento do filme. Infelizmente, se separaram em 1996.


- Willow rendeu uma obscura coleção de miniaturas fabricadas pela empresa Tonka. Nem preciso dizer que a coleção é raríssima, né? EU QUERO!!!!!


- Como o filme não fez o sucesso esperado, não teve continuações. Uma pena, pois George Lucas tinha ideias para outros filmes. Tanto que ele se juntou ao escritor Chris Claremont (que escreveu uma célebre fase dos X-Men) e lançou 3 livros que continuam a história: Shadow Moon, Shadow Dawn e Shadow Star (que formam a chamada "Chronicles of Shadow War"), não publicados no Brasil. Os livros não foram bem recebidos nem pelo público, nem pela crítica.



Embora não tenha feito um sucesso estrondoso, esse filme faz parte da minha memória afetiva, e eu adoro! E você? Gosta do filme? Sentiu vontade de assistir? Aproveite o Carnaval! Foi o que eu fiz...

Por hoje é só! Até a próxima!

CLUBES DE ASSINATURA NERD

Clubes de assinatura são relativamente recentes no Brasil. Eles se baseiam no conceito de Mistery Box, já popular em outros países. Você escolhe um clube sobre determinado assunto, paga uma mensalidade e todo mês recebe uma caixa com diversos itens. O detalhe é que você não sabe o que vem, e a surpresa faz parte da brincadeira (é lógico que frustrações e cancelamentos de assinaturas são comuns, rsrsrs). Atualmente no Brasil, existem clubes de assinatura sobre os mais diversos assuntos: livros, azeites, vinhos, comida (italiana, natural, vegetariana e até sem glúten e lactose).

 É claro que os nerds não poderiam ficar de fora, né? As Mistery Box com tema nerd geralmente vêm com uma camiseta exclusiva, um poster, livro ou HQ e algum item colecionável, como caneca, miniatura ou boton. Vou listar os principais clubes geek e nerd do Mercado. Vamos lá?


OMELETE BOX
O OMELETE é um dos principais sites de cultura pop do Brasil e já tem o seu próprio clube de assinatura. A caixa vem com 5 a 10 produtos relacionados a um determinado tema (o da foto, obviamente, é Star Wars), sendo que um dos itens é sempre exclusivo, produzido especialmente para a caixa. O preço não é dos mais baratos (R$ 99,90 o plano mensal, mais o frete), mas vale a pena pelo produto exclusivo. Para assinar, clique aqui.

DC FAN BOX
A DC Comics tem a sua própria Mistery Box, a DC Fan Box. Com conteúdo exclusivo da DC, é um produto oficial, portanto a qualidade é garantida. Infelizmente, os produtos podem ser encontrados em qualquer loja de memorabilia nerd, não tendo normalmente nenhum produto exclusivo. O preço é justo (R$ 79,90 o plano mensal mais o frete), já que geralmente o conteúdo não passa de 5 ou 6 itens. Para assinar, clique aqui


NERD AO CUBO
Atualmente um dos clubes mais populares do gênero, o Nerd Ao Cubo pratica o preço padrão da maioria dos clubes, cerca de R$ 69,90 mensais (mais frete). vindo com 5 a 7 produtos selecionados (uma camiseta exclusiva, livro ou HQ, artigos colecionáveis como botons, canecas e miniaturas) . Em alguns meses, a caixa vem com 2 camisetas, o que é bem vantajoso. Para assinar, clique aqui.


FUNKUBO
Um caso curioso é o Funkubo, em que o principal item colecionável, além da camiseta é fixo: um boneco Funko Pop! Para quem coleciona, uma ótima pedida! Não consegui pesquisar o valor, mas deve girar em torno da média, de R$ 70,00 a R$100,00. Para assinar, clique aqui.

FUNKO FACTORY SET BOX
(
A Funko Factory Set Box tem um conceito parecido com o Funkubo (camiseta, boneco Funko Pop e mais alguns itens colecionáveis), mas é o clube oficial da p rópria Funko. A diferença é que o cliente pode escolher um entre três temas no mesmo mês (por exemplo, Dragonball, Game of Thrones e Friends). Além disso, você pode escolher plano com 1, 2 ou 3 bonecos na caixa! O valor varia de R$79,90 (1 boneco) a R$ 259,90 (3 bonecos), mais o frete. Para assinar, clique aqui.

NERD COLLECT

No caso da Nerd Collect, a caixa não é tão surpresa assim, já que o conteúdo é fixo: uma camiseta exclusiva, um poster (que vem dentro de uma lata colecionável), um boton e uma caneca. O preço é R$ 69,90 (mais o frete) ou R$ 109,90 com mais 2 itens surpresa. Para assinar, clique aqui.

MIXTURE BOX

Embora não seja a caixa que eu assino, essa é, na minha opinião, uma das melhores de todas (quem sabe eu comece a assinar?). O motivo é simples: não vem camiseta, mas vem com 2 itens colecionáveis exclusivos, além dos costumeiros botons, posters, squeezes, adesivos, etc. Ou seja, todo mês na caixa vem com 2 miniaturas colecionáveis, que são o que eu mais gosto! Já teve mão do Hulk, manopla do Hellboy, busto de dragão, bonecos do Mario e Pikachu, e muito mais! O preço? R$79,90 (mais o frete)... Para assinar, clique aqui.


NERD LOOT
Deste eu posso falar com mais propriedade, já que eu sou assinante. A caixa vem com 5 a 7 itens diversos, incluindo camiseta (em alguns meses vêm duas), poster, e itens diversos como livro ou HQ, boton, peça de decoração e o item mais esperado, que é o Nerd Loot Iron Collection, uma peça colecionável de metal. Já teve de tudo: miniaturas de RPG, pomo de ouro do Harry Potter, zumbi de The Walking Dead, etc. No mês passado veio uma miniatura da máscara do Hannibal Lecter (tema: The Greatest Assassins). No mês que vem o tema é Time Travelers e o item Nerd Loot Iron Collection é uma Ocarina (pra quem não sabe, o instrumento musical de sopro usado na série de games Zelda)! O preço é R$69,90/mês, mas você pode optar pelo plano econômico, em que você paga R$34,90 e vem uma camiseta mais um item aleatório. Para assinar, clique aqui.

Pois é, os clubes de assinatura vieram para ficar. Que tal escolher o seu?

Por hoje é só! Até a próxima!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

SAMURAI PREDATOR HOT TOYS: A Melhor Action Figure de Todos os Tempos?




Para abrir as postagens de 2017 com chave de ouro, nada melhor do que um review de uma figura de ação espetacular, embora tenha sido lançada já há algum tempo (2012 para ser mais exato). O SAMURAI PREDATOR é tão impressionante que eu já queria falar sobre ele há tempos, mas só agora esta tão desejada figura caiu em minhas mãos.
O próprio conceito da figura vale uma explicação: a figura faz parte da franquia de filmes Alien Vs. Predator, mas esse personagem não aparece em nenhum dos dois filmes já lançados! Entretanto, no primeiro filme (de 2004), o arqueólogo interpretado pelo ator italiano Raoul Bova traduz uns hieróglifos e descobre que os predadores utilizavam a Terra como área de caça de Aliens, vindo ao nosso planeta de tempos em tempos para caçar os xenomorfos como rito de passagem. Assim, a figura baseia-se no conceito de que um predador veio caçar durante a época do Japão Feudal e incorporou a cultura samurai ao seu próprio estilo de indumentária e armamento! Sensacional!

Como de costume, a caixa vem com uma arte espetacular, com uma tampa que abre por cima, revelando não uma, mas duas caixas!


Uma das caixas revela a imponente figura com diversos acessórios. A outra caixa acondiciona a base diorama, com uma parte de um corpo de um Alien abatido.


A figura do Predador Samurai é de cair o queixo. O detalhismo da armadura, elmo e roupas (com o tecido cuidadosamente rasgado!) é impressionante, Além das espadas samurai, as armas típicas do predador como as garras da mão e a arma de plasma do ombro seguem a estética da armadura japonesa.
Além da variedade de armas (uma espada de metal que pode ser desembainhada e quatro espadas na bainha amarradas juntas e que ficam nas costas) chama a atenção o detalhe dos cabelos. No lugar dos tradicionais dreadlocks, a cabeleira do predador samurai lembra vermes como minhocas ou lombrigas! Sinistro!

 

Retirando o elmo e a máscara, tem-se a opção de trocar as garras da mandíbula para um visual mais ameaçador, com a boca escancarada.


Outro detalhe é a coleção de línguas de Alien presa na cintura da figura, mostrando que o samurai já matou várias criaturas e não está para brincadeira...

Uma das mãos permite que ele segure a cabeça cortada do Alien pela língua, com a massa encefálica escorrendo...

Na sensacional base diorama (sem dúvida o charme desta figura) o corpo do Alien derrotado com metade da cabeça cortada impressiona pela riqueza de detalhes, incluindo um pedaço da espada que caiu devido ao efeito do sangue ácido da criatura...

 ...cujo efeito também aparece na lâmina da espada, parcialmente "derretida" e com restos de sangue e massa encefálica do Alien!

Para encerrar, uma imagem oficial da Hot Toys com a configuração que eu mais gosto: com o elmo e a máscara, segurando a cabeça cortada e a espada derretida! 


Um produto sensacional, infelizmente já esgotado e raro, mas finalmente, na minha estante!
Esta é sem dúvida uma das melhores figuras já produzidas pela Hot Toys (na minha opinião, é claro)! E você, o que acha?

Por hoje é só! Até a próxima!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

DESCANSE EM PAZ, LEIA (e que a Força esteja com você)!

Uma triste notícia pegou o mundo nerd de surpresa: ontem, dia 27 de Dezembro de 2017, a atriz Carrie Fischer, que eternizou a Princesa Leia em Star Wars, faleceu em virtude de uma parada cardíaca que ocorreu no último dia 23, durante uma viagem para divulgar seu último livro.
A atriz nasceu com a arte no sangue - filha da atriz Debbie Reynolds e do cantor Eddie Fischer - mas só emplacou aos 19 anos, protagonizando Star Wars, um filme aparentemente despretensioso que se tornou um fenômeno. O sucesso pegou a atriz de surpresa, transformando o patinho feio (ela não se achava bonita) em símbolo sexual e musa nerd (status consolidado de vez no terceiro filme, O Retorno de Jedi, em que aparece em um sensual biquini de metal).
O mundo está em luto, assim como o ONARI BLOG. Mais do que uma das protagonistas da maior saga do cinema, Carrie Fischer foi símbolo de uma postura feminista e engajada (não é à toa que os novos filmes, O Despertar da Força e Rogue One têm protagonistas femininas fortes).

Descanse em paz, Leia! E que a Força esteja com você!

É desta maneira triste que o ONARI BLOG se despede de 2016, esperando que o próximo ano seja repleto de realizações... Pois, se tem uma coisa que os filmes da saga STAR WARS nos mostrou, é que perdas podem ocorrer, mas apenas nos deixam mais fortes, mais sábios, e mais preparados para o que der e vier, como Luke Skywalker antes de entrar na cantina de Mos Eisley...

FELIZ 2017!

sábado, 24 de dezembro de 2016

Qual o Melhor Personagem de ROGUE ONE? - Onari Blog Especial de Natal


Para nosso post especial de Natal, vamos falar do maior filme do final de ano. Afinal estamos em uma era em que todo final de ano tem filme Star Wars no cinema (nunca foi tão bom ser nerd)!
Não vou fazer uma análise propriamente dita do filme, já que o longa já foi bem comentado por diversos blogs e canais. Enfim, o filme é ótimo - mais do que um spin-off, um grande fan service para os inúmeros entusiastas da saga.
Hoje vamos falar sobre os diversos personagens principais. Quem é o melhor? Qual é o seu favorito?

Jyn Erso (Felicity Jones) é a protagonista, seguindo a velha tradição da saga da jovem relutante que é involuntariamente arrastada para a trama. Infelizmente a atriz não consegue transmitir a profundidade necessária para a personagem, mas não deixa de ser eficiente.

Cassian Endor (Diego Luna) é o co-protagonista. O ator mexicano se sai melhor, com um personagem complexo e ambíguo. Um grande acerto é essa faceta da rebelião, diferente da visão maniqueísta a que estamos acostumados. Endor é um oficial a serviço da rebelião, que é consciente das coisas moralmente questionáveis que tem que fazer em nome da liberdade, e está disposto a pagar o preço... pelo menos até conhecer Jyn...

Um aspecto ainda mais radical da rebelião é representado por Saw Guerrera (Forrest Whitaker) um rebelde extremista, evitado até pelos oficiais rebeldes. Embora tenha uma participação breve, faz o papel do mentor (nem tão) sábio, já que ele criou Jyn Erso. O ator dispensa apresentações, mais uma tradição na série de colocar um ator consagrado em um papel secundário.

Orson Krennic ((Ben Mendelsohn) é o grande vilão, embora seja ofuscado por vocês sabem quem... O diretor da Estrela da Morte acaba não representando uma grande ameaça, mas o ator não faz um trabalho ruim. 

Bodhi Rook (Riz Ahmed) aparentemente é o personagem mais dispensável, mas acaba sendo o catalisador da trama e surpreende com seu papel no final.

Outra tradição em Star Wars são os droids, que sempre se destacam nas tramas e rendem personagens adoráveis. Com Rogue One não é diferente. K-2SO (voz de Alan Tudyk) é um droid imperial reprogramado a serviço da rebelião. Com uma sinceridade acima do normal, é responsável pelo alívio cômico do filme.

Um aspecto até então não explorado em Star Wars é o Templo de Whills, no planeta Jedha, berço dos jedis. A força é encarada como uma religião e Baze Malbus (Jiang Wen) é um dos guardiões do templo, embora um pouco cético em relação à força. Embora pouco explorado, o personagem é um dos destaques ao lado de Chirrut Imwe.

Colocar Donnie Yen como Chirrut Imwe é até covardia. Nos trailers já dava para prever que este seria um dos destaques de Rogue One. Quem conhece o ator e artista marcial já esperava bastante do personagem, um monge cego que é um sensitivo da força: embora não seja um jedi, Chirrut consegue sentir as coisas ao seu redor, inclusive as intenções das pessoas. É o meu personagem favorito, com certeza.

Claro que não posso encerrar o post sem falar de Darth Vader. Claro que ele é um dos destaques, embora não seja o vilão principal. Só tem duas cenas, mas os fãs não vão reclamar, principalmente da última, já encerrando o filme. 

Rogue One, mesmo sendo um spin off, consegue ser um verdadeiro representante da saga Star Wars! Que venham os próximos! Feliz Natal para todos que apreciam o ONARI BLOG!

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

JACKIE CHAN Ganha OSCAR Honorário!

Essa notícia não poderia passar em branco pelo ONARI BLOG: no dia 12 de novembro de 2016, Jackie Chan foi homenageado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, ao receber um OSCAR honorário pela sua carreira! 
O OSCAR honorário é conferido a personalidades do cinema que não receberam nenhum OSCAR específico mas que contribuíram de maneira significativa para a indústria cinematográfica. Vários atores, diretores, produtores e técnicos já receberam a honraria, incluindo Akira Kurosawa, Charlie Chaplin, Buster Keaton, Peter O´Toole, Jerry Lewis, entre outros.
Nesta última premiação, Jackie foi a atração principal, e antes de subir ao palco e receber a estatueta dourada, foi homenageado por Michelle Yeoh, Tom Hanks e Chris Tucker, e após seu discurso, foi saudado por Sylvester Stallone.
Em um discurso emocionado, Jackie declarou "é um sonho..." e contou que há muitos anos seu pai lhe perguntou "você já fez tantos filmes e ganhou tantos prêmios; quando vai ganhar um OSCAR?". Jackie disse que nunca havia sequer sonhado em ganhar o prêmio, até que, 23 anos atrás, ao entrar na casa de Sylvester Stallone e ver a estatueta ("toquei, beijei e cheirei; deve ainda ter minhas impressões digitais nela"), pensou consigo,"quero ter um desses"... Quando estava prestes a encerrar seu discurso e com a orquestra já tocando, Jackie interrompeu a música para dedicar o prêmio aos fãs, a verdadeira razão pela qual ele continua fazendo filmes, pulando através de janelas, chutando, socando e quebrando ossos...
Bem, você finalmente tem um OSCAR, Jackie! Como você mesmo disse, "após 50 anos, 200 filmes e vários ossos quebrados, finalmente o OSCAR é meu!"...
 
VOCÊ MERECE! PARABÉNS DO ONARI BLOG!

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Bomba: ELEVADOR 16 Vai Virar Filme!


Há alguns dias, uma notícia caiu como uma bomba para todos os brasileiros que curtem zumbis, em especial a saga literária As Crônicas dos Mortos, do autor Rodrigo de Oliveira: ELEVADOR 16, um spin-off da saga principal (um conto situado entre os livros 2 e 3, lançado originalmente em formato digital e posteriormente lançado em formato impresso), VAI VIRAR FILME
Claro que ainda é um projeto, mas já deixou os fãs (eu incluso) salivando! Ainda sem data de lançamento, está em fase de roteirização e captação de recursos. O longa-metragem será dirigido por Marcos DeBrito e produzido por Adriano Lírio, respectivamente diretor e produtor do filme Condado Macabro, conhecido entre os entusiastas do terror nacional.
Para quem ainda não conhece a saga, confira alguns posts que publiquei:
É ou não é para deixar os fãs enlouquecidos?

Por hoje é só! Até a próxima!