quarta-feira, 31 de agosto de 2016

THE SHAOLIN COWBOY

Apesar de ser um ávido leitor de quadrinhos, não costumo comentar HQs aqui no ONARI BLOG. Entretanto, um dos grandes lançamentos desse início do segundo semestre de 2016 merece uma espiada: THE SHAOLIN COWBOY, de Geoff Darrow, lançado recentemente pela Editora Mino.

O próprio conceito já merece elogios, pois mistura 3 assuntos que aparentemente não dão liga (western, zumbis e kung fu), com um resultado surpreendente! 
O trabalho mais conhecido de Geoff Darrow (embora a maioria não saiba que foi dele, rsrsrs) são os desenhos conceituais da trilogia MATRIX. Além disso, trabalhou com Frank Miller em HARD BOILED - À QUEIMA ROUPA e BIG GUY E RUSTY, O MENINO ROBÔ, ambos publicados no Brasil pela Devir. Seu estilo é facilmente reconhecido, pois lembra a arte de Frank Quitelly com uma riqueza de detalhes quase obsessiva.


THE SHAOLIN COWBOY se destaca em vários aspectos. O texto inicial aparentemente tenta situar o leitor na história - explicando como o herói foi parar no cenário em que a HQ começa -, mas na verdade o próprio prólogo revela-se uma piada, com uma grande e caótica variedade de informações e nomes de lugares e personagens que são alusões a diversos elementos da cultura pop.
Com poucos diálogos (o protagonista, por sua vez, repete uma única frase durante toda a HQ), a ação vertiginosa dá o tom, com Darrow esmerando-se na sua arte detalhista e cinematográfica.. Na sequencia mais marcante, são quase 90 páginas de ação desenfreada e ininterrupta, com tantos elementos em cada quadro que vale a pena analisar com calma cada desenho.
Se o roteiro é simples (afinal, é apenas um monge Shaolin vestido de caubói abrindo caminho em meio a uma horda de zumbis armado com duas motosserras amarradas num bastão de bambu), os desenhos compensam a simplicidade da história, oferecendo um visual de cair o queixo, enquanto introduz uma rica mitologia que deixa todo mundo salivando por mais capítulos do personagem.
Para mim, que sou fã de kung fu e zumbis, é até covardia... RECOMENDADÍSSIMO!

Por hoje é só! Até a próxima! KIAI!!!




quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Sessão Gepeto: SAITAMA (One Punch Man) Customizado!



Depois de um tempão sem atualizar o ONARI BLOG retornamos com nossa sessão favorita, a Sessão Gepeto, em que apresento  action figures customizadas exclusivas! 
O personagem de hoje é Saitama, do popular mangá/anime ONE PUNCH MAN.






ONE PUNCH MAN conta a história de Saitama, um super-herói extremamente poderoso que enfrenta seu mais poderoso inimigo: o tédio!  Originado de uma web-série bem tosca, foi publicada na forma de um ótimo mangá (atualmente publicado no Brasil pela Panini) e virou um anime ainda mais popular.



A série é uma sátira aos quadrinhos de super-heróis, brincando com seus clichês. Careca, magrelo, com um uniforme tosco e mais preocupado com as promoções do mercadinho local do que em enfrentar vilões, Saitama está longe do padrão de herói super-poderoso. Mas por uma estranha razão, ele é tão forte que derrota todos os monstros que insistem em invadir a cidade com um único soco. Assim, enquanto tenta encontrar opoentes à altura, convive com outros heróis, principalmente o andróide Genos, que vira seu discípulo, mesmo sem entender direito seu relutante sensei.




Para fazer este boneco, resolvi testar a massa de papier-machê da Acrilex, um pó a base de papel picado que misturado à água vira uma massa moldável.


Fiz os dois pé com massa Epóxi com armação de arame e a massa envolvendo a armação.


Para a cabeça utilizei um boneco do Dr.Manhattan, de Watchmen e as luvas do Cloud Strife, de Final Fantasy da Square Enix. A capa tirei de um Visão flango do filme Vingadores 2.


Depois de aplicar uma camada de cola branca para impermeabilizar, coloquei mais alguns detalhes de massa epóxi como a fivela do cinto e os prendedores da capa, além da sacola de compras com alguns mantimentos (usei pedaços de cenário de dinossauro, uma lata de cerveja de um Hellboy e outras peças que encontrei). Depois de uma boa pintura, o resultado ficou assim:


Nada mau, não é?


Por hoje é só! Até a próxima!

domingo, 13 de março de 2016

Lançamento de A ILHA DOS MORTOS (com uma participação especial do ONARI BLOG!)


Quem acompanha o ONARI BLOG já sabe que eu sou fã da saga AS CRÔNICAS DOS MORTOS, de Rodrigo de Oliveira, pois já fiz dois posts sobre esta excelente série brasileira de livros sobre zumbis (para conferir, clique aqui e aqui), além de uma entrevista exclusiva com o autor (para ler, clique aqui).



Este mês, Rodrigo de Oliveira lançou o quarto livro da saga, A ILHA DOS MORTOS. Como sou fã da série, não pude deixar de prestigiar o lançamento do livro, que ocorreu dia 05 de março na livraria Maxsigma de São José dos Campos. 
E para quem também prestigia o ONARI BLOG, este lançamento tem um gostinho especial: na orelha do livro tem uma citação minha !!!!!!!

Agora, o ONARI BLOG está eternizado
na orelha de A ILHA DOS MORTOS !!!

Quando o livro ainda estava em acabamento, em outubro do ano passado, quase infartei quando Rodrigo me enviou com exclusividade uma prova da capa do livro, com o meu comentário sobre a saga. É uma honra ter sido um dos escolhidos para compor os comentários da orelha, uma vez que existem inúmeros blogs sobre cultura pop e terror muito mais gabaritados do que eu. Mas enfim, só tenho que agradecer à Faro Editorial e, especialmente, ao autor Rodrigo de Oliveira, que sempre apoiou e acreditou no ONARI BLOG! 
Se eu já era fã da saga AS CRÔNICAS DOS MORTOS,imagine agora...

Por hoje é só! Até a próxima!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

As Melhores Cenas de Luta dos Últimos Tempos

Há alguns anos, fiz uma lista das melhores cenas de luta de todos os tempos. Já está na hora de atualizar a lista, dando atenção especial a filmes mais recentes. Não vou colocar em ordem de preferência, e é claro que muitos não vão concordar - afinal, essa é a MINHA LISTA! Vamos conferir?


OPERAÇÃO INVASÃO 2 (2014) - Luta de Karambit

Operação Invasão (The Raid Redemption), de 2011, surpreendeu os entusiastas dos filmes de artes marciais com um exemplar filipino (!) e as melhores cenas de luta em muito tempo. Em 2014, Iko Uwais, ator principal e coreográfo do original, lançou Operação Invasão 2, ainda mais insano que o primeiro. Todas as lutas são espetaculares, com destaque para o embate entre o protagonista e um casal armado com um martelo e um taco, mas a melhor é o clímax, uma luta de Iko contra um capanga em que os dois usam um tipo de faca curva, chamada de karambit. Dói só de olhar...



CAPITÃO AMÉRICA 2 (2014) - Luta no Elevador

Capitão América 2 - O Soldado Invernal, com sua trama política bem amarrada, talvez seja o melhor filme da Marvel até agora, Claro que o destaque são as cenas de ação, principalmente as lutas. O Capitão América das HQs é considerado o melhor combatente do planeta. Isso foi bem explorado no longa, principalmente na cena do elevador, a melhor do filme, em que o protagonista precisa enfrentar dezenas de agentes (até então seus aliados) em um ambiente apertado e confinado. 



OS MERCENÁRIOS 2 (2012) - Stallone x Van Damme

Embora o original e a parte 3 tenham boas cenas de luta, o melhor combate da trilogia é o clímax da parte 2, em que Sylvester Stallone e Jean-Claude Van Damme se enfrentam. Além dos dois serem lendas do cinema de ação, a luta tem a violência e a coreografia que a ocasião merece, não podendo faltar o famoso chute giratório de Van Damme. Embora seja rápida, a pancadaria é melhor do que o final da terceira parte, em que Stallone dá uma surra em Mel Gibson, que já não inspira tanto respeito...



IDENTIDADE ESPECIAL (2013) - Luta Final

Donnie Yen atualmente é sinônimo de filmes de artes marciais com temáticas mais modernas, como filmes policiais. Um exemplar recente é Identidade Especial, em que Yen interpreta um policial infiltrado. Como não poderia deixar de ser, a melhor luta é a do final, em que ele enfrenta o vilão em um viaduto abandonado. Como é típico de Yen, a coreografia é rápida, intrincada e dolorida.



KUNG FU KILLER (2014) - Luta Final

Mais um filme de Donnie Yen, mais um filme policial, mais lutas espetaculares... O ator entrega exatamente o que se espera dele: história rasa e simples e lutas insanas. Todas as lutas são boas (incluindo as do vilão contra vários mestres), mas é claro que a melhor é a última, em que o protagonista e o vilão usam bastões no meio da rua. 



EM NOME DA LEI (2013) - Luta no Octógono

Qualquer filme de Jackie Chan merece destaque, ainda mais com a marca Police Story. Em Nome da Lei (Police Story 2013), sexto filme da franquia (embora não tenha relação com os outros filmes), não decepciona. Com uma trama séria e tensa, tem lutas mais brutas (mais condizentes com  a platéia atual, acostumada com as lutas de M.M.A.). Isso fica claro na melhor luta do longa, entre Jackie e um capanga do vilão dentro de um octógono. Contra um oponente maior e mais forte, Jackie quase perde, mas a experiência e, principalmente, a persistência, acabam vencendo. Um filme que aborda o fato de que Jackie Chan, apesar de ainda ser o maior astro de artes marciais atual, não é mais jovem.



VELOZES E FURIOSOS 5, 6 e 7 - Lutas Diversas

A maior franquia de ação atual não poderia ficar de fora. A partir da parte 5, os filmes da série Velozes e Furiosos deixaram as corridas clandestinas de carros em segundo plano e focaram nas cenas de ação impossíveis e nas lutas, cada vez mais espetaculares. Na parte 5 (Operação Rio), o destaque é a esperada luta entre os maiores astros do cinema de ação atual, The Rock e Vin Diesel. Já em Velozes e Furiosos 6, os dois se unem para nocautear um grandalhão dentro de um avião. Finalmente, em Velozes e Furiosos 7, Vin Diesel enfrenta o brucutu que faltava, Jason Stratham, enquanto Paul Walker (em seu último trabalho) luta com Tony Jaa! Que venham os próximos filmes...

CÍRCULO DE FOGO (2013) - Gipsy Danger x Otachi e Leatherback

O diretor Guilhermo Del Toro quis fazer uma grande homenagem ao gênero Kaiju (monstros gigantes cujo maior ícone é Godzilla), colocando gigantescos robôs contra monstros. A melhor luta é a do robô Gipsy Danger, pilotado pelos protagonistas, contra dois kaijus, Leatherback e Otachi, com direito a uma arma secreta muito bacana no final. 

JURASSIC WORLD - Embate Triplo


Um dos maiores sucesso de 2015, Jurassic World trouxe novamente os dinossauros celebrados na trilogia original. No clímax do longa, o vilão da vez é o dinossauro geneticamente modificado, Indominus Rex. Para enfrentá-lo, dois dinossauros que foram os vilões dos filmes anteriores viram os heróis(!): Tiranossauro e Velociraptor!. Após uma luta feroz, eles contam com uma pequena ajuda de fora... A bem da verdade, a gente sempre torceu pelo tiranossauro...


Bem, por hoje é só! Você concorda com a lista? Achou que algum filme ficou de fora? Qualquer coisa, comente!
Até a próxima!

sábado, 26 de dezembro de 2015

BOAS FESTAS!

O ONARI BLOG não poderia encerrar o ano de 2015 sem desejar a todos os nerds um ótimo 2016, repleto de realizações, filmes, livros, action figures e tudo o mais que tiver direito!


Até a próxima e Feliz Ano Novo!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Star Wars - Episódio VII: O DESPERTAR DA FORÇA

 Como todo blog de cultura pop, o ONARI BLOG não pode ficar de fora do hype... É, eu sei que já faz quase uma semana que STAR WARS - O DESPERTAR DA FORÇA foi lançado, mas eu só estou postando a crítica agora por dois motivos: primeiro, porque eu só consegui assistir ao filme hoje; além disso, eu não queria ser aquele nerd ensandecido que assiste ao longa na pré-estréia e já comenta antes de todo mundo. Aliás, não se preocupem que tentarei não dar spoilers, ok?

Para começar, tenho que reconhecer que toda a crítica mundial está certa... J.J.Abrams conseguiu novamente: a exemplo do que fez com Star Trek, o diretor apresentou uma importante franquia para novos espectadores, sem desapontar os fã xiitas. Quando a Millenium Falcon (re)aparece pela primeira vez no novo filme, todos já estamos fisgados na história e somos conduzidos sem esforço. 

 O novo trio de protagonistas - o piloto rebelde Paul, o stormtrooper desertor Finn e a misteriosa Rey - não decepciona, e tem carisma suficiente para segurar a onda mesmo na presença de veteranos como Han Solo, Chewbacca, Leia, C3PO e R2D2. O novo robô, BB-8, é tão adorável quanto a dupla de dróides da trilogia clássica, e deve ser o novo queridinho das crianças.



Como não poderia deixar de ser em um filme da franquia Star Wars, o grande destaque é o vilão: Kylo Ren é tão marcante quanto Darth Vader. Complexo e misterioso, dá muito trabalho para os heróis, e sua participação na história é mais interessante do que aparenta...


O DESPERTAR DA FORÇA encerra a primeira parte da nova trilogia com chave de ouro: deixando a gente salivando para o próximo episódio!
Desculpem se a resenha ficou um tanto vaga, mas se eu revelar mais, acabarei dando algum spoiler. Se quiserem saber mais, façam como eu e grande parte do mundo: confiram STAR WARS - O DESPERTAR DA FORÇA na telona...

Por hoje é só... E que a Força esteja com vocês!

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Teaser: A ILHA DOS MORTOS - As Crônicas dos Mortos (Livro 4)


A saga AS CRÔNICAS DOS MORTOS, série de livros criada pelo autor brasileiro Rodrigo de Oliveira, já rendeu aqui no ONARI BLOG uma entrevista (para conferir, clique aqui) e um artigo inteiro dedicado a ela (para acessá-lo, clique aqui). 
A série já possui 3 livros oficiais, O VALE DOS MORTOS (livro 1), A BATALHA DOS MORTOS (livro 2) e A SENHORA DOS MORTOS (livro 3), e um spin-off, ELEVADOR 16, um conto ambientado entre os livros 2 e 3. Nem vou comentar a qualidade dos livros, já que sou um grande fã e já falei sobre a série e o autor nos posts já citados.
O post de hoje é para deixar os fãs salivando: A ILHA DOS MORTOS, quarto livro da saga e ambientado na cidade paulista de Ilhabela, já está sendo finalizado e deve ser lançado no início do ano que vem! Além disso, o autor já divulgou, na página oficial da saga no Facebook,  a arte da capa (acima) e a sinopse. Confira:


SINOPSE DE A ILHA DOS MORTOS:
Passaram-se vários anos desde que a maior colônia de sobreviventes do Apocalipse zumbi se transferiu para Ilhabela. Separada do continente por uma faixa de 1km de mar atlântico, a ilha surge como um ambiente seguro para as novas gerações, e distante das ameaças da Senhora dos Mortos e sua horda de zumbis. Desde então, muitas coisas mudaram. Personagens importantes morreram e novos combatentes foram treinados para erguer a comunidade e recriar o sistema de administração e leis. Parecia que o mundo estava retomando o seu curso de paz.
Os habitantes de Ilhabela tinham agora formas mais seguras de lidar com os zumbis, então descobrem que alguns zumbis também mudaram. A forma de contaminação se torna mais rápida. Eles estão mais selvagens, ágeis e violentos. Deixe-nos apresentar uma evolução dentre os próprios mortos vivos...
E este não é o único novo problema. Com a reorganização da sociedade, o poder retoma o seu valor, e isto também, atrai ainda mais perigos.
Há uma grande espera pelo reencontro das irmãs, Isabel e Jezebel.
Este livro traz o surgimento de uma nova era, cruel e implacável, onde a perseverança dos sobreviventes e seus líderes será testada de forma muito diferente. Um livro cheio de reviravoltas, de movimentos bruscos, de cenas impensáveis.
“Onde encontrar esperança para continuar lutando quando a sua maior razão para viver se foi para sempre?”
Quarto livro da grande saga de ação e suspense, “As Crônicas dos Mortos”.
Deixai toda esperança, vós que entrais! - A Divina Comédia – Dante Alighieri


Outra novidade divulgada por Rodrigo de Oliveira é um jogo de tabuleiro inspirado na saga!!! Por enquanto, as únicas informações disponíveis são algumas artes conceituais de personagens... Dá pra lançar logo isso aí?!!!!!


Sentiu o drama? O jeito agora é esperar...

Por hoje é só! Até a próxima!